Temas Centrais

  1. Exame Neurológico e Topodiagnóstico

  2. Para um bom desempenho durante o estágio o interno deverá revisar os conhecimentos sobre propedêutica neurológica e neuroanatomia funcional, com especial atenção às seguintes vias neuroanatômicas:

    1. Via piramidal
    2. Vias sensitivas
      • Trato espino-talâmico lateral
      • Trato espino-talâmico anterior
      • Trato do cordão posterior-lemnisco medial
      • Via da motricidade ocular extrínseca horizontal
    3. Via da motricidade ocular intrínseca (sistema nervoso simpático e parassimpático)
    4. Via visual
    5. Cerebelo
    6. Nervos Cranianos

    Bibliografia Básica:

    • Nitrini R e L A Bacheschi. A Neurologia que todo médico deve saber – capítulos 1 e 2. 1993. Pp.1-64.
    • Machado A. Neuroanatomia Funcional. 1993.

    Bibliografia Avançada:

    • Campbell W. DeJong´s The Neurological Examination, 2005.
    • Kandell E. Principals of Neural Science, 2000.
  3. Cefaléia

  4. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Reconhecer o quadro clínico das seguintes cefaléias:
      • Enxaqueca sem e com aura
      • Cefaléia do tipo tensional
      • Cefaléia em salvas
      • Neuralgia do trigêmeo
      • Arterite temporal
      • Hemorragia subaracnóide
      • Hipertensão intracraniana
    2. Reconhecer as indicações de investigação (sinais de alerta) de cefaléias na unidade de emergência
    3. Indicar e interpretar os exames subsidiários necessários para cada caso (tomografia de crânio, líquor, laboratório)
    4. Tratamento agudo das cefaléias primárias na unidade de emergência

    Bibliografia Básica:

    • Texto: cefaléia na unidade de emergência
    • Consenso Brasileiro de Tratamento da Crise de Migrânea
    • Migraine Current Understanding and Treatment – NEJM 346(4) January, 24 2002
    • Headache: Introdution to Clinical Neurology
    • Diagnosis and Classification of Headache

    Bibliografia Avançada:

    • Ninan Mathew – Current and modern tratmento of migraine
    • Goadsby – Headache in Clinical Paractice
    • Emergent Department Evaluation of Headache (Neurologic Clinics-neurologic emergencies)
  5. Coma e Alterações do Nível de Consciência

  6. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Identificar clinicamente qual a síndrome relacionada ao rebaixamento de nível de consciência (encefalopatia focal supratentorial, focal infratentorial ou difusa/multifocal)
    2. Indicar e interpretar adequadamente os exames subsidiários necessários para a investigação etiológica de pacientes com rebaixamento de nível de consciência (bioquímica de sangue, CT, líquor)
    3. Reconhecer diagnósticos diferenciais de rebaixamento de nível de consciência (locked in, estado vegetativo persistente)

    Bibliografia Básica:

    • Nitrini R e L A Bacheschi. A Neurologia que todo médico deve saber – capítulo 6. Livraria Editora Santos, 2a ed., 1993.
    • Clinical Approach to stupor and Coma; Joseph Berger. Clinical Neurology

    Bibliografia Avançada:

    • Feske S. Coma and confusional states:emergency diagnosis and management. Neurol. Clin. North Am. 1998; 16(2):237-256
    • Plum F. Disturbances of Consciousness and Arousal. In: Cecil – Textbook of Medicine. WB Saunders Company, 19th ed., 1992. Pp. 2048-2049
    • Plum F and J Posner. Diagnosis of Stupor and Coma. FA Davis Company, 3rd ed, 1982. Pp 41-66
  7. Acidente Vascular Cerebral

  8. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Reconhecer clinicamente a instalação aguda de sinal neurológico focal e sua relação com os principais territórios arteriais
    2. Reconhecer diagnósticos diferenciais de acidente vascular cerebral
    3. Indicar e interpretar os exames necessários para a condução de casos agudos de acidente vascular cerebral
    4. Interpretar achados tomográficos de paciente com acidente vascular cerebral agudo
    5. Reconhecer os principais fatores de risco vascular, assim como os principais mecanismos que geram acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico
    6. Realizar controle clínico de acidente vascular cerebral (isquêmico ou hemorrágico) em fase aguda (DM, HAS, etc)
    7. Indicar adequadamente os diferentes tratamentos específicos para acidente vascular cerebral isquêmico (antiagregantes, anticoagulantes, trombolíticos)
    8. Reconhecer e tratar adequadamente as complicações do acidente vascular cerebral e de sua terapêutica
    9. Indicar adequadamente tratamento profilático adequado baseado no mecanismo provável de gênese do AVC

    Bibliografia Básica:

    • Spontaneous Intraerebral Hemorrhage, NEJM 344(19); May,10; 2001
    • Clinical diagnosis of patients with cerebrovascular disease, Primary Care Clin Office
    • Stroke, The Lancet 363 – 2003
    • AVCI Consenso Brasileiro
    • AIT – NEJM 347(21) , November, 21- 2002.

    Bibliografia Avançada:

    • Albers GW et al. Supplement to the Guidelines for the Management of Transient Ischemic Attacks. Stroke 1999;30:2502-2511
    • Broderick JP et al. Guidelines for the Management of Spontaneous Intracerebral Hemorrhage. Stroke 1999;30:905-915.
    • Guidelines Early Management AVCI – AHA – Stroke 2003.
    • Primary prevention of Ischemic Stroke – AHA – Stroke January 2001.
    • Stroke treatment AHA Guidelines – Stroke July 2002.
  9. Infecção do Sistema Nervoso Central

  10. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Reconhecer o quadro de apresentação clínica de pacientes com meningite/meningoencefalite
    2. Indicar e interpretar achados de líquor
    3. Reconhecer indicações de tomografia de crânio
    4. Indicar adequadamente tratamento antibioticoterápico baseado nas hipóteses clínicas

    Bibliografia Básica:

    • Processos Infecciosos do Sistema Nervoso. Machado LR e Gomes HR. Em A Neurologia que todo médico deve saber (segunda edição, no prelo).

    Bibliografia avançada:

    • Marra CM. Opportunistic Infections In AIDS . 50 th Congress of the American Academy of Neurology, 1998 (texto disponível no setor de Documentação Científic do Departamento de Neurologia ou em CD-ROM na biblioteca da Neurologia)
    • Pruitt AA. Infections of the Nervous System. Neurol Clin North Am, 16 (2): 419-435, 1998
    • Nicodemo AC. Meningites Bacterianas Agudas: Tratamento. In: Neuroinfecção 96. Clínica Neurológica HC/ FMUSP, São Paulo, 1996. Pp.159-166
    • Roos KL, AR Tunkel and WM Scheld. Acute Bacterial Meningitis in Children and Adults. Infections of the Central Nervous System. Lippincott-Raven Publishers, Philadelphia, 2nd ed. , 1997. Pp. 335-392
    • Berger JR and RM Levy. AIDS and the Nervous System. Lippincott-Raven Publishers, Philadelphia, 2nd ed, 1997
    • Amato Neto V, EAS de Medeiros, EG Kallás, GC Levi, JLS Baldy, RJLS de Medeiros. AIDS na prática médica. Sarvier, São Paulo, 1996: 86-125
  11. Crise Epiléptica na Emergência

  12. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Identificar pela anamnese se o paciente apresentou crise epiléptica ou um diferencial
    2. Identificar pela anamnese os tipos de crise epiléptica que o paciente apresenta.
    3. Reconhecer causas de descompensação de crises em pacientes epilépticos e de estado de mal epiléptico
    4. Dar atendimento inicial ao paciente com estado de mal epiléptico (protocolo de drogas)
    5. Indicar e interpretar os exames subsidiários para a condução do caso (exame de imagem e líquor)

    Bibliografia Básica:

    • Lowenstein DH, Alldredge BK. Status Epilepticus. NEJM 338(14):970-976, 1998.
    • Epilepsy, NEJM 344(15) Abril, 12 2001
    • Status Epilepticus – The Neurologist

    Bibliografia Avançada:

    • Roth HL, FW Drislane. Seizures. Neurol Clin North Am, 16 (2): 257-283,1998
    • Guerreiro CAM e MM Guerreiro. Epilepsia. Capítulos I e XXIII. Lemos Editorial e Gráficos Ltda, São Paulo, 1996
    • Costa JC, A Palmini, EMT Yacubian, EA Carvalheiro. Fundamentos Neurobiológicos das Epilepsias. Aspectos Clínicos e Cirúrgicos.Volume 1, Parte 3: Capítulos 1 e 17. Lemos Editorial e Gráficos Ltda, São Paulo, 1998.
  13. Paralisias Flácidas Agudas

  14. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Reconhecer o quadro clínico dos diagnósticos diferenciais de paralisias flácidas agudas (polirradiculoneurite aguda, crise miastênica, porfiria aguda intermitente, botulismo, paralisia periódica)
    2. Indicar e interpretar os exames subsidiários necessários para o diagnóstico dessas patologias
    3. Indicar tratamento inicial (geral e específico) em casos de paralisias flácidas agudas

    Bibliografia Básica:

    • Pascuzzi RM, Fleck JD. Neurol. Clin. North Am. 15 (3), 1997.
    • Guillain Barré Syndrome – 2004 American Family Physician; 69(10); May,15-2004
    • Acute and Subacute Weakness, Clinical Medicine (4)2; March 2004

    Bibliografia Avançada:

    • Scully RE et al. Weekly Clinicopathological Exercises. NEJM 1999; 341 (26):1996-2003
    • XVIII Congresso Brasileiro de Neurologia – Cursos pré-congresso – vol. 6 : Curso 37 – Neuropatias imunomediadas.Capítulo 3:1-10,1998
    • Hartung HP, FGA van der Meché and JD Pollard. Guillain-Barré syndrome, CIDP and other chronic immune-mediated neuropathies. Curr Opin Neurol, 11:497-513, 1997
  15. Trauma de Crânio

  16. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Dar a conduta inicial em casos de traumatismo de crânio
    2. Reconhecer critérios de gravidade no trauma de crânio
    3. Reconhecer as indicações de tomografia de crânio no politrauma
    4. Reconhecer o quadro clínico, mecanismo de formação da lesão, aspecto de imagem e tratamento das principais lesões traumáticas intracranianas

    Bibliografia Básica:

    • Capítulo de TCE do ATLS
    • Manual de Iniciação em Neurocirurgia – Fernando C. G. Pinto Ed. Santos – 2004
  17. Hipertensão Intracraniana

  18. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Com base no conhecimento da sua fisiopatologia (teoria de Monro-Kellie, curva volume-pressão de Langfitt, hemodinâmica encefálica) reconhecer sinais e sintomas da Síndrome de hipertensão intracraniana
    2. Identificar e investigar causas de hipertensão intracraniana (tumores, hidrocefalia, trauma, etc)
    3. Realizar o tratamento clínico agudo da hipertensão intracraniana

    Bibliografia Básica:

    • Capítulo de TCE do ATLS
    • Manual de Iniciação em Neurocirurgia – Fernando C. G. Pinto Ed. Santos – 2004
  19. Hemorragia Subaracnóide

  20. Ao final deste módulo o aluno deverá estar apto a:

    1. Reconhecer o espectro de apresentação clínica da hemorragia subaracnóide
    2. Reconhecer indicações de exames complementares (CT de crânio, líquor, angiografia) e interpretar os resultados (CT de crânio, líquor)
    3. Reconhecer quadro clínico das principais complicações da hemorragia subaracnóide (ressangramento, vasoespasmo e hidrocefalia)
    4. Indicar o tratamento clínico para pacientes com hemorragia subaracnóide e com suas complicações

    Bibliografia Básica:

    • Primary Care: Avoiding Pitfalls in the Diagnosis of Subarachnoid Hemorrhage. Jonathan A. Edlow, M.D., and Louis R. Caplan, M.D. NEJM Vol. 342(1) January 6, 2000 p.29-36.
    • Subarachnoid Hemorrhage – Brain – 2001
    • Manual de Iniciação em Neurocirurgia –Fernando C. G. Pinto Ed. Santos – 2004